Hasselblad lança H4D-50 e H4D-60

Tenho certeza que muitos de vocês aguardavam apenas esse lançamento para atualizar suas câmeras!

Pois bem, a Hasselblad (nunca ouviu falar? Ok, a marca trabalha com médio formato, ou seja, sensores bem maiores – e caros! – do que estamos acostumados. Não é pra qualquer um não) lançou nessa semana suas mais novas câmeras, a H4D-50 e H4D-60. Ambas são upgrades às versões anteriores, chamadas de H3D. Entre as novidades, estão um novo sistema de foco (True Focus) e um novo software para o processamento de suas imagens (Phocus 2.0).

Vou guardar o preço pro final…

Nova Hassy

Nova "Hassy"

Primeiro, vamos listar alguns probleminhas de ambas as câmeras:

– Apesar do novo sistema de foco, ele certamente não está a par das DSLR (não sei nem se acompanha as melhores compactas! Não importa, essas câmeras são operadas geralmente em foco manual);

– A qualidade das imagens em ISOs altos certamente também não chega nem perto das DSLR, nenhuma delas, nem a mais simples. Sem problema, essas câmeras geralmente não são utilizadas acima de ISO100;

– Não vi esse detalhe, mas não tenho dúvida de que o LCD externo deve ter uma qualidade passável, no máximo. Nada comparável aos últimos LCDs de alta resolução encontrados até em câmeras compactas;

– A câmera é pesada e lenta. Nada de 5 frames por segundo. Nada de usá-la fora de um tripé…

Quanto será que custa uma tranqueira dessas?! 10, 20 dólares??

19.995.

Euros.

A mais barata.

28.995 a mais carinha… euros again, of course! Dólar é tão 2008… :-)

“Ô pesinho de porta caro esse!”, você pode ter pensado. O que ela tem de bom, afinal?? O que as câmeras médio formato se propoem a oferecem: qualidade de imagem.

Não, sério. QUALIDADE de imagem. Imagens com resolução absurda, fidelidade de cor imbatível, dynamic range altíssimo, nível de detalhe, se me permitem dizer, insano. Isso tudo acompanhado de lentes com qualidade igualmente acima de qualquer suspeita, claro. Dêem uma olhada nessas comparações e vão entender do que eu estou falando.

Ah, eu mencionei resolução absurda?! Sim, H4D-50 e H4D-60 indicam, nos próprios nomes, a quantidade de megapixels: “só” 50 e 60Mp, respectivamente. :-)

Não são câmeras para qualquer um. Aliás, para quase ninguém: serão utilizadas principalmente por grandes estúdios, em ambientes totalmente controlados, ou por fotógrafos realmente experientes e renomados de landscape , que é o tipo de assunto que mais se beneficia das qualidades e que não é tão afetada pelos supostos defeitos que citei acima. E claro, para gerar impressões gigantescas, com alguns metros de largura, pelo menos. Ninguém vai usar um monstro desses para imprimir fotos 10×15!

Ah, sim… já ia esquecendo das lentes! Esse é o preço do corpo da câmera, lógico! Além disso, você precisaria comprar algumas lentes para acompanhar. Se me permitem sugerir, optaria pela 28mm F4 ($3290), 50mm F3.5 ($2525) e 120mm F4 Macro ($2890). Mais uma vez, amigos: euros!

Se eu pudesse, teria uma? Sem dúvida!

Aceito doações… :-)

Nova "Hassy"

Anúncios

Uma resposta para “Hasselblad lança H4D-50 e H4D-60

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: